Biênio 2016 - 2017

Biênio 2016 - 2017

Pesquisar

Acesso Rápido ao Blog

Arquivo do Blog

“Habita nessa terra, e serei contigo e te abençoarei” (Gênesis 26.3).

Quando estamos passando por alguma dificuldade ou algo que nos causa ansiedade, é confortante ouvir outras pessoas nos dizendo “Deus estará com você” ou “Deus vai cuidar de você”. Mais confortante ainda é ouvir o próprio Deus falando ao nosso coração: “Eu serei contigo”.



Isaque foi a primeira pessoa citada na bíblia que ouviu essas palavras de Deus: “eu serei contigo”. Essas palavras vieram num momento crítico quando Isaque estava pensando em voltar ao Egito onde havia alimento disponível. Havia u ma severa fome em Canaã e Deus apareceu a Isaque para dirigi-lo: “Fique nessa terra, e serei contigo e te abençoarei”. Deus também relembrou Isaque de sua promessa a Abraão de que faria sua descendência mais numerosa do que as estrelas do céu.



Durante toda a nossa vida e, em especial nos tempos de lutas, somos fortalecidos pela promessa da presença fiel do nosso Deus.



No Antigo Testamento, além de Jacó, outros homens receberam essa promessa confortadora de Deus: Moisés, Josué, Gideão e Salomão. Porém, a passagem que mais me toca a esse respeito não é quando Deus faz essa promessa a um individuo, senão quando essa promessa é feita a todo o povo de Deus em Isaías 43.1-2:



“Mas agora, assim diz o Senhor que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu. Quando passares pelas águas, eu serei contigo...”



No Novo Testamento, antes de sua assunção aos céus Jesus prometeu aos seus discípulos: “Eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século”. Mateus 28.20.



Na carta aos Hebreus há uma promessa que gosto de me lembrar em situações que possam parecer difíceis e complicadas. O autor daquela carta fez uma espécie de colagem de vários versos do Antigo Testamento a fim de encorajar os crentes que estavam passando por dificuldades e preocupação com relação ao futuro:



“De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei. Assim, afirmemos confiantemente: O Senhor é o meu auxílio, não temerei; que me poderá fazer o homem?”



Na nossa tarefa de liderar o povo de Deus e, em meio às lutas que enfrentamos enquanto cumprimos essa tarefa, nunca nos esqueçamos e fiquemos firmados na promessa dele: “eu serei contigo”.



Bispo João Carlos





No Cenáculo

Revista Escola Dominical