Biênio 2016 - 2017

Biênio 2016 - 2017

Pesquisar

Acesso Rápido ao Blog



“Eu, o SENHOR, te chamei em justiça, e te tomarei pela mão, e te guardarei, e te darei por aliança do povo, e para luz dos gentios. Para abrir os olhos dos cegos, para tirar da prisão os presos, e do cárcere os que jazem em trevas. Eu sou o SENHOR; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura” (Isaías 42:6-8)

Sou constantemente grato a Deus pela maneira como ele tem agido em nossa Região e através da nossa Região. O crescente compromisso missionário dos/as leigos/as e pastores/as; o crescimento das igrejas locais; a disposição para trabalhar; a generosidade no contribuir.



Diante disso eu só posso dizer: GLÓRIA A DEUS! E essa expressão precisa ser vista no sentido mais legítimo de seu significado.

Hoje, como no passado, o ser humano tem a tentação de “glorificar a criatura” ao invés do criador.

Hoje, como no passado, somos tentados a trabalhar pelos elogios, a atenção, a gloria pessoal.Veja a história narrada em Atos 12: “E num dia designado, vestindo Herodes as vestes reais, estava assentado no tribunal e lhes fez uma prática. E o povo exclamava: Voz de Deus, e não de homem. E no mesmo instante feriu-o o anjo do Senhor, porque não deu glória a Deus e, comido de bichos, expirou”. Atos 12:21-23

No momento em que o povo exclamava “Voz de Deus, e não de homem” Herodes deveria ter dito: “Parem, sou apenas uma pessoa como vocês”.

Veja outra história completamente diferente “E aconteceu que, entrando Pedro, saiu Cornélio a recebê-lo, e, prostrando-se a seus pés o adorou. Mas Pedro o levantou, dizendo: Levanta-te, que eu também sou homem”. Atos 10:25-26

O texto base dessa reflexão tem se cumprido no nosso meio: O Senhor nos chamou; tem nos tomado pela mão; tem nos guardado e tem nos colocado por luz entre os que não creem. E temos visto milagres acontecendo no nosso meio.

Mas ele continua sendo O SENHOR e não dá a sua glória a ninguém.

Então, diante das bênçãos que temos recebido de Deus; diante dos milagres que temos testemunhado: GLORIA SOMENTE A DEUS!

A ele a Glória. A nós pastores e pastoras, líderes, discipuladores e discípulos, a alegria e o prazer de servir e ser amigos/as de um Deus tão maravilhoso e que está disposto a usar mesmo pessoas como nós!

Bispo João Carlos

No Cenáculo

Revista Escola Dominical