Biênio 2016 - 2017

Biênio 2016 - 2017

Pesquisar

Acesso Rápido ao Blog

Arquivo do Blog

 “Vivei, acima de tudo, por modo digno do evangelho de Cristo” (Filipenses 1.27).

O verso acima é uma pequena parte de uma porção bíblica que gosto muito. Gosto de ler essa parte na primeira pessoa e numa versão que entendo estar mais próximo do original: Não importa o que aconteça, eu devo viver,  por modo digno do evangelho de Cristo”.  Que tremendo desafio!



Não importa o que aconteça comigo: se  o dia foi bom ou ruim; se estou com saúde ou doente; se a pessoa com quem estou conversando está me tratando mal ou bem. Não importa o que esteja acontecendo, sou desafiado a viver de modo digno do evangelho de Cristo.

Gosto de fazer essa leitura devocional que me desafia. Mas não ignoro a interpretação contextual. A intenção do Apóstolo Paulo ao escrever esse texto.

O apóstolo está falando sobre a importância da unidade do corpo para o testemunho do evangelho. Sim! Viver em unidade com os demais membros do corpo, “num só espírito, com uma só alma” (verso 27 b), é viver “de modo digno do evangelho de Cristo”.

O apóstolo está falando também sobre “não se deixar intimidar pelos adversários” (veja o verso 28). De fato, ousadia (destemor) é uma atitude “digna do evangelho de Cristo”

A preocupação do apóstolo nesse texto é uma preocupação missionária: unidos e agindo de maneira ousada os filipenses deveriam “lutar pela fé evangélica”.

Creio que esse desafio continua sendo uma realidade para nós hoje também.

Haja o que houver, continuemos firmes e fieis no nosso ministério enquanto buscamos nos conduzir de maneira digna do evangelho daquele que nos chamou para essa obra.

Bispo J.Carlos

No Cenáculo

Revista Escola Dominical