Biênio 2016 - 2017

Biênio 2016 - 2017

Pesquisar

Acesso Rápido ao Blog

Arquivo do Blog


Texto: Mateus 14:27-32. Mas Jesus imediatamente lhes disse: tem bom ânimo! Sou eu. Não temais! Respondendo-lhe Pedro, disse: Se és tu, Senhor, manda-me ir contigo, por sobre as águas. E ele disse: Vem! E Pedro, descendo do barco, andou por sobre as águas e foi ter com Jesus. Reparando, porém, na força do vento, teve medo, e, começando a submergir, gritou: Salva-me, Senhor! E, prontamente, Jesus, estendendo a mão, tomou-o e lhe disse: Homem de pequena fé, por que duvidaste? Subindo ambos para o barco, cessou o vento.

Muitos hoje se sentem insatisfeitos com a situação em que se encontram, tem o desejo de mudar, de crescer, de progredir. Apesar desse desejo, boa parte das pessoas não experimentará o crescimento que deseja. Por quê? São vários os motivos, mas o maior deles é o medo. Apesar de quererem crescer as pessoas têm medo de arriscar, de perder o que já conquistaram, de não conseguir, de passar vergonha, de não ter clareza sobre o que fazer, da crítica dos outros, etc.

Olá irmãos (as)!!!. Não deixem de acompanhar as fotos adicionadas
do Culto Especial de Natal que aconteceu nos dia 21/12/2014.  
Deus Abençoe!!!
   Provérbios 15.1: “A palavra branda desvia o furor, mas a palavra dura sucita a ira”.

A campanha política encerrada no último domingo foi a campanha do ódio, tendo como objetivo “desconstruir o oponente” e esse tom adotado pelos candidatos foi transmitido a outros brasileiros, principalmente pelas redes sociais, e me preocupa para onde isto possa estar nos levando. O fato é que houve um acirramento dos ânimos dos eleitores, e as discussões extrapolaram o campo dos debates entre adversários políticos e ganharam como protagonistas amigos e familiares que entraram em conflito por conta de suas escolhas políticas.
          
Vimos como resultante deste tipo de campanha foi o número de amizades desfeitas pela política. Quanta injúria foi proferida contra um e outro candidato para que influenciasse as pessoas a não votar no oponente, parecendo que um tinha vontade de esganar o outro e isso foi passado para a população, que passou a ter a mesma vontade de fazer com aqueles que discordavam de suas opções políticas. Com isso, quantas relações afetivas se desmancharam derretida pelo fogo desta paixão? Será que valeu a pena?

1 Coríntios 9.24b: Correi de tal maneira que alcanceis o prêmio.
Hebreus 10.32: Lembrai-vos, porém, dos dias passados, em que, depois de serdes iluminados, suportastes grandes combates de aflição.

A vida é uma corrida em direção a um propósito de nossa existência, agora, o mero entrar na corrida não significa que a vitória está ganha. O caminho não é fácil! É como participar das olimpíadas, exige muito treinamento, disciplina, determinação e constância – Correi de tal maneira... Nós podemos começar a corrida, mas não chegar ao final dela, sendo desqualificado, pois existem muitos obstáculos que muitas vezes vão excederem os nossos limites e forçar-nos a um crescimento para um novo patamar, e nesse novo patamar, novos desafios aparecerão para serem enfrentados e, se vencidos, nos levarão a subir um novo degrau, ampliando assim a nossa escalada de vitórias rumo ao prêmio estabelecido para nossa vida.


O nível que você vai jogar depende da tua entrega, do quanto você se entrega para se preparar, aprimorar. Você pode se preparar para ser somente um peladeiro, ou para a seleção que vai marcar recordes, vai ficar na história. Se quiser ser peladeiro não precisa de preparo quase nenhum, vai lá e joga. Se quiser jogar na seleção da cidade, já tem que treinar um pouco; na 3ª divisão, tem que treinar mais um pouco, mas se quer jogar na seleção e marcar recordes, tem que dedicar horas e horas diárias para afinar detalhes que farão a diferença quando entrar em disputa. Vemos na história bíblica que poucas pessoas foram selecionadas por Deus a serem chamadas de amigos. Você quer ter essa intimidade com Deus a ponto de ser chamado amigo de Deus? Então vai precisar tomar algumas atitudes:

Todos os dias perdemos muitas oportunidades que nem percebemos com as escolhas que fizemos. Perdemos algumas por falta de interesse, mas perdemos a maioria por falta de entendimento, porque não sabemos como será o amanhã. Algo que parece bom hoje, amanhã pode se mostrar ruim; e algo que parece ruim hoje amanhã se mostra algo excelente. Como não sabemos o futuro, muitas vezes escolhemos errado e perdemos boas oportunidades.

O texto de Marcos 10.46-52 nos mostra uma situação assim, fala de Bartimeu, um cego que estava acostumado a esmolar. Diz o texto que o lugar onde ele ia diariamente pedir esmolas era à beira do caminho de entrada e saída da cidade de Jericó. Quando Jesus entrou na cidade, por algum motivo Bartimeu não aproveitou a oportunidade, mas quando Jesus estava saindo, Bartimeu não perdeu a oportunidade e consegue o que queria e precisava. Se quisermos aproveitar as oportunidades que DEUS nos dá.

Números 20.10-11: Moisés e Arão reuniram o povo diante da rocha, e Moisés lhe disse: Ouvi, agora, rebeldes: porventura, faremos sair água desta rocha para vós outros? Moisés levantou a mão e feriu a rocha duas vezes com seu bordão, e saíram muitas águas; e bebeu a congregação e os seus animais. 

Precisamos entender que o nosso “bem estar” e o nosso “valor próprio” não podem estar na mão de ninguém. Quando “reagimos” a determinada situação ou pessoa, estamos ainda presos na “maldição”, ou seja, deixo que pessoas ou situações me “controlem”, dou a eles o poder de serem grandes para mim tornando assim meus “deuses”.  Assim foi com Moisés. O povo conseguiu tirá-lo do sério, ao ponto de no último momento de cumprir seu chamado perdeu a “benção” de entrar na terra prometida, isso lhe custou muito caro. Deu mais valor às “queixas e acusações” do que obedecer e fazer o que DEUS queria que fizesse.
Olá irmãos (as)!!!. Apesar da época não ser a ideal, tive problemas em conseguir postar anteriormente. 
Não deixem de acompanhar as fotos adicionadas
do Culto Especial do Dia das Mães que aconteceu nos dia 11/05/2014.  
Deus abençoe!
Olá irmãos (as)!!!. Não deixem de acompanhar as fotos adicionadas
do Encontro de Casais realizado no Hotel Tureck em Corupá/SC nos dias 27 e 28/09/2014, acontecendo posteriormente o testemunho dos casais na Igreja Metodista em Mafra.
Deus abençoe !!!!

Olá irmãos (as)!!!. Não deixem de acompanhar as fotos adicionadas
do Culto Especial - Dia das Crianças, ministrando a palavra Marco Aurélio Cardoso, realizado na Igreja Metodista em Mafra no dia 12/10/2014.
Deus abençoe !!!!
Olá irmãos (as)!!!. Não deixem de acompanhar as fotos adicionadas
do Encontro Anual do Grupo de Células, realizado na Igreja Metodista em Mafra no dia 13/10/2014.
Deus abençoe !!!!
2 Cor.4.8-9: Em tudo, somos atribulados, porém não angustiados; perplexos, porém não desanimados; perseguidos, porém não desamparados, abatidos, porém não destruídos.    

Vemos neste texto contrastes, crises confrontando com vitórias de natureza suficientemente grande para continuar possível a sequência da caminhada da vida. Vemos sucessão de perigos para desanimar na caminhada, mas para o apóstolo Paulo, tais perigos são eliminados ou perdem a força, se tornam pequenos perante algo maior, pois quando morremos em Cristo também compartilhamos da Sua vida, então para encontrarmos vida necessitamos de perdê-la.
Crianças têm programação especial na Metodista!!!!

Aconteceu nos dias 11 e 12 de outubro o “Acampadentro” da Igreja Metodista de Mafra com as crianças que fazem parte da igreja e seus amigos. Dezesseis crianças foram recepcionadas pelos “tios” Liliane, Lili, Dudu, Carina, Mariza e Nina com muita festa, balão, faixa de boas vindas e guloseimas como pipoca, pirulito e balas. Segundo a organização do evento, o objetivo do acampamento dentro da igreja era de integrar as crianças com a igreja e mostrar a elas o quanto são importantes para a instituição e para Deus.

Assim que chegaram, as crianças puderam se divertir na Cama elástica, cantaram e brincaram de dança da cadeira. Após esse primeiro momento, um delicioso cachorro quente foi servido com sucos de laranja e uva (os preferidos da criançada), preparados pelas “tias” da cozinha Regi, Isolde e Simone. A parte da tarde foi marcada por uma divertida gincana que contou com corrida do saco, corrida do ovo, cabo de guerra e um jogo de perguntas a respeito das historinhas bíblicas que as crianças aprenderam no decorrer dos últimos meses. “As crianças deram um show nas respostas, mostrando que estão aprendendo muito conosco nas nossas aulas”, afirmou Liliane Silva, professora e coordenadora do Ministério Infantil da Igreja Metodista.
A Federação de Mulheres está envolvida nesta missão contra o câncer de mama.
Divulgue o cartaz em suas igrejas!
Federação de Mulheres!
"Regozijai-vos sempre. Orai sem cessar." 1 Tessalonicenses 5:16-17

Pensando em como eu vou indo na caminhada cristã, o que martelou na minha cabeça foi: Constância. Tudo que Deus mais tem me pedido esses dias é para que eu seja constante. Ele não quer mais aquela coisa de momento, aquele sentimentalismo de "oba, oba"; não quer mais aquele relacionamento forçado só porque a galera tá indo naquela direção. Ele cansou daquilo de ser "crente" só nos momentos na igreja, ou quando os amigos se dispõem a orar juntos ou fazer vigílias. Esses momentos são importantes, são ricos e nos fazem crescer... Mas e quando estamos no nosso momento sozinhos, dentro do nosso quarto, ou caminhando para o trabalho?

Uma vez fiz uma devocional, cujo título era "Conversa constante", minha ficha caiu (mais uma vez) sobre o que Deus quer de nós. O texto utilizado foi o de 1 Tessalonicenses 5.16-23, mas os que mais me chamou a atenção foram os versículos 16 e 17: "Regozijai-vos sempre. Orai sem cessar". Já li inúmeras vezes esse texto! Muitas vezes mesmo! Mas dessa vez teve um gostinho diferente. Quando lia esse texto pensava o quão chato e maçante seria eu ter que parar toda hora no meu dia para cumprir uma obrigação de orar, mas não é nada disso. Pra mim, agora, um versículo depende do outro, para que eu me regozije sempre, ou seja, esteja sempre alegre; é necessário que eu ore sem parar. Mas o que quer dizer isso?
No texto de provérbios capítulo 23: 7 diz: “Porque como imagina sua alma, assim é.”

Como nos imaginamos?
O que pensamos a nosso respeito?
Qual é a visão que temos sobre nós mesmos?
Somos vencedores ou derrotados?
Felizes ou infelizes? Capazes ou incapazes?

Apegamo-nos até aos padrões de beleza atuais, a conceitos pré-definidos para estabelecer o pensamento que temos sobre nós mesmos. Tudo aquilo que pensamos reflete em nossas ações, em nossa maneira de ser, agir e reagir. A nossa visão pode limitar a nossa ação. E ter ação limitada é, também, ter uma conquista limitada.
Aconteceu nos dias 15 a 17 de agosto a etapa de Curitiba, da Conferência Ministerial Regional. Todo o evento se desenvolveu nas dependências da Igreja Metodista Central de Curitiba. A Sexta-feira (15) foi marcada pela recepção e credenciamento dos participantes e do Culto de Abertura do evento. O Sábado (16) começou com uma devocional, ministrada pelo Bispo da 6ª região, João Carlos Lopes. Em seguida começaram o Treinamento do Gileade (programa de tesouraria a administração para as igrejas). Ao mesmo tempo, aconteceram os seminários sobre dons e ministérios, missões e discipulado.

Após o almoço, os participantes puderam participar das oficinas para as quais foram credenciadas. As atividades do ministerial foram finalizadas com um Culto de Encerramento com Santa Ceia. Cerca de 350 pessoas participaram das atividades, distribuídas, além da Gileade, nas oficinas de Música e Arte, Diaconia, Ação Docente, Trabalho com Casais, Trabalho com Crianças, Pregação e Consolidação e Resgate.


A Igreja Metodista em Mafra foi representada por 10 pessoas, Pr. Gilson Michelato, Mara Michelato, Marisa Mattoso, Edna Mattoso, Silvana Silveira, Liliane Silva, Carina Rauen, Ana Paula, Anna Elisa e Filipe Gomes. Divididos entre as oficinas, os membros da igreja receberam muitas informações e foram ministrados com o intuito de, cada dia mais, se entregarem ao serviço da Igreja. “A oficina que assistimos foi muito abençoada. Poderia ser pelo menos dois dias”, falaram Anna, Liliane, Carina e Ana Paula, que se divertiram aprendendo muito para implantar novas ideias no trabalho com crianças na Metodista em Mafra.
         O sofredor crônico é pessimista, pois a forma com que ele vê as coisas determina o tipo de pessoa que ele é. Para o pessimista, a vida só traz desgosto e insatisfação, ele vive reclamando e murmurando, busca nos jornais as piores notícias só para se alimentar e criticar depois. Tem gente que só vê desgraça e derrota, sofre por antecipação, é viciado na dor e não consegue superar nenhuma dificuldade. Ele profetiza o seu futuro com base em seus pensamentos negativos e encaminha para esse futuro. Torna-se vítima e não se responsabiliza por nada.

A Bíblia, no livro de Números no capítulo 13, ilustra bem o que pode resultar da atitude pessimista. Moisés ordenou que doze homens, sendo um líder representando cada tribo de Israel, que fizessem um relatório completo sobre a Terra Prometida antes de todos continuarem sua caminhada até lá. Dez deles confirmaram que realmente a terra era boa, que manava leite e mel, que seus frutos eram enormes, contudo, havia muitos gigantes e ninguém conseguiria derrotá-los. O pessimismo daqueles espias contagiou milhões de pessoas. Só dois espias, Josué e Calebe, conseguiram entrar em Canaã e desfrutrar das bênçãos do Senhor, porque foram os únicos que acreditaram que o mesmo Deus que libertara os israelitas da escravidão do Egito, era com eles e lhes daria a vitória.

“Por que estás ao longe, SENHOR? Por que te escondes nos tempos de angústia? Os ímpios na sua arrogância perseguem furiosamente o pobre; sejam apanhados nas ciladas que maquinaram. Porque o ímpio gloria-se do desejo da sua alma; bendiz ao avarento, e renuncia ao SENHOR. Pela altivez do seu rosto o ímpio não busca a Deus; todas as suas cogitações são que não há Deus. Os seus caminhos atormentam sempre; os teus juízos estão longe da vista dele, em grande altura, e despreza aos seus inimigos. Diz em seu coração: Não serei abalado, porque nunca me verei na adversidade”. Salmos 10: 1 a 6

Nestes versículos surge a grande questão: Por que Deus parece estar tão distante, enquanto os ímpios estão reinando e oprimindo os pobres? Alguma vez caro leitor você já se fez essa pergunta? Muitas Vezes estamos angustiados e nos perguntamos, “Por que, SENHOR, te conservas longe? E te escondes nas horas de tribulação?” (v. 1).

O salmista se encontrava em grande angústia, e expressou isso perguntando: “Por que, Senhor?” Este é o reflexo da aflição de sua alma. “Por que Te escondes justamente quando mais precisamos de Ti, em plena tribulação”? Muitas vezes nós, assim como o Salmista nos encontramos solitários e ficamos então a perguntar “Por que isso está acontecendo comigo? “Por que Deus parece não agir?” “Por que Deus parece tão distante”? Estas são questões que muitas vezes se levantam na vida de muitas pessoas que estão cansadas... Mas, se pensarmos na onipresença de Deus e no seu grande amor por nós, saberemos que Ele está muito perto de nós. Ele está bem aí perto de você enquanto você pensa que Ele mantém-Se distante.

Em decorrência do dia do amigo que foi no último domingo, 20, resolvi dedicar o texto da nossa coluna de hoje a esses que são nossos presentes de Deus: Os amigos. Há um tempo, quando ainda morava em Belo Horizonte, eu e alguns amigos da mocidade da igreja estávamos em um propósito de orarmos juntos pelas nossas vidas, famílias e igreja.

Nesse tempo fomos extremamente edificados, fortalecidos e moldados e ficamos cada dia mais maravilhados com as coisas que Deus faz em nós e através de nós. Mas, o que mais tem me deixado impressionada, desde então, é a aliança, ainda mais forte que criamos uns com os outros quando oramos juntos. Uma amiga, já havia me dito que quando duas ou mais pessoas se unem em um só propósito, os laços ficam ainda mais apertados... E, não é que é verdade?
Estes que têm alvoroçado o mundo chegaram também aqui (Atos 17.6)

O verso acima mostra uma expressão forte usada pelos Judeus para demonstrar sua percepção do impacto poderoso que a igreja primitiva estava causando na sociedade daqueles dias. Nesse caso estavam se referindo especificamente ao ministério do apóstolo Paulo e das pessoas que viajavam com ele.

Aparentemente a reputação do grupo do apóstolo Paulo havia chegado a Tessalônica antes mesmo de o grupo chegar à cidade. A mensagem que eles pregavam era tão transformadora que as pessoas diziam que eles estavam alvoroçando o mundo.
Texto Bíblico em Mateus 7.24-27:Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha. E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica será comparado a um homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela desabou, sendo grande a sua ruína.

No início deste mês tivemos uma verdadeira catástrofe para milhares de pessoas das cidades de Rio Negro e Mafra. Isso se deu devido a excesso de chuvas, transbordando o rio Negro e atingindo as casas ribeirinhas.

A Igreja Metodista e as Câmaras Nacionais de Discipulado e Expansão Missionária estão promovendo o primeiro Encontro Nacional de Discipulado e Missão entre os dias 11 e 13 de Setembro.

Local do evento: Rua Júlio Perneta, 695, Mercês, Curitiba - PR, BR.
Preletores:
•Pr. Daniel Ho (Malásia)
•Pr. Elias Dantas (Coordenador da Global Kingdom)
•Pr. Carlito Paes (PIB de São José dos Campos)
•Pr. Odilon Vergara (IBS de Curitiba)
•Bispa e Bispos da Igreja Metodista
•E outros mais...
As inscrições já estão abertas...
Atenção HOSPEDAGEM por conta do participante!

Mais informações no Site Nacional da Igreja Metodista: www.metodista.org.br
Discípulos e Discípulas exercendo dons a serviço da missão.
Este ano a Conferência terá três Seminários: Discipulado, Dons e Ministérios e Missão, além das Oficinas: (iniciantes e avançado), Diaconia, Música e arte, Casais, Crianças, Consolidação e resgate, Ação docente e Pregação.
Locais: Central de Londrina (1 a 3 de agosto), Central de Curitiba (15 a 17 de agosto) e Central de Cascavel (29 a 31 de agosto).
Mais informações: www.metodista.com – Fone (41) 3323-1675 / 
http://cministerialmetodi.wix.com/ministerial 
Porque não vos fizemos saber a virtude e a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, seguindo fábulas artificialmente compostas; mas nós mesmos vimos a sua majestade” (2Pedro 1.16).
Todos nós já recebemos e-mails falsos prometendo prêmios; entradas gratuitas; dinheiro fácil; promoções; etc. A farsa da maioria desses e-mails é facilmente perceptível. Alguns, entretanto, parecem de fato verdadeiros. Eles trazem uma “história artificialmente compostas” que nos deixam em dúvida.

No texto acima o apóstolo Pedro declara que não seguiu “fabulas artificialmente inventadas” quando anunciou o poder e a volta de Jesus. Pedro continua “nós mesmos somos testemunhas da sua majestade”.

À vista disso, muitos dos seus discípulos o abandonaram e
já não andavam com ele(João 6.66).

Não abandoneis, portanto, a vossa confiança;ela tem grande galardão. Com efeito, tendes necessidade de perseverança, para que havendo feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa (Hebreus 10.35-36).


O primeiro texto citado acima é, sem dúvida, um dos mais tristes da bíblia. Essa foi a resposta de muitos que, tendo ouvido os ensinamentos de Jesus disseram: “Duro é esse discurso; quem o pode ouvir?” 6.60.
Vendo muitos voltarem atrás, Jesus perguntou aos doze: “Porventura, quereis também vós outros retirar-vos”?
Pastores e pastora do Distrito Serrano, acompanhados das esposas, estiveram reunidos, na quarta-feira (23), com a presença do bispo João Carlos Lopes e a pastora Audir. Todas as igrejas (Mafra, Três Barras, Itainópolis, Porto União, Lages, Curitibanos, Chapecó e Caçador) estavam representadas. O pastor Gilson Michelato, Superintendente Distrital, ao saudar a todos, lembrou que “fomos comissionados para fazer diferença neste distrito; e temos sido muito honrados”, reconheceu.
Olá irmãos (as)!!!. Não deixem de acompanhar as fotos adicionadas, do Culto Especial de Páscoa, realizado no dia 20 de abril, na Igreja Metodista em Mafra !!!
Deus abençoe !!!!
Olá irmãos (as)!!!. Não deixem de acompanhar as fotos adicionadas, do Culto Especial - Dia do Pastor Metodista, sendo homenageado o Pastor Gilson, realizado no dia 13 de abril, na Igreja Metodista em Mafra !!!
Deus abençoe !!!!
Ao fim de doze meses, quando passeava no palácio real de babilônia, falou o rei, dizendo: Não é esta a grande babilônia que eu edifiquei para a casa real, com a força do meu poder, e para glória da minha magnificência? ( Daniel 4.29-30).


Nabucodonosor reinou sobre um dos maiores impérios de sua época: Nabucodonosor rei, a todos os povos, nações e línguas, que moram em toda a terra? (Daniel 4.1). 

Nos primeiros versículos de Daniel 4 esse rei recebeu uma visão de Deus que foi interpretada pelo profeta Daniel. Em resumo a visão dizia: arrependa-se e humilhe-se.
“Então Herodes, vendo que tinha sido iludido pelos magos, irritou-se muito, e mandou matar todos os meninos que havia em Belém e em todos os seus contornos, de dois anos para baixo segundo o tempo que diligentemente inquirira dos magos”(Mateus 2.16).

Líderes que não têm sua segurança em Deus tornam-se inseguros nas suas ações.

O rei Herodes foi esse tipo de líder. Ele temia a perda de poder e por isso necessitava controlar cada aspecto da vida do povo sobre o qual reinava.

Quando Herodes ouviu sobre o nascimento de Jesus, seu sentimento de insegurança se tornou tão descontrolado que o levou a tomar decisões terríveis.

Líderes desse tipo têm profundos problemas de controle consequente do medo de perder seu “poder” e seu “prestígio”. E na tentativa de manter sua posição, estão dispostos a qualquer coisa. No caso de Herodes ele estava disposto a mentir e a matar.
Graça e Paz Irmãos(ãs)!!!
Este é o texto bíblico do Encontro de Carnaval dos nossos Juvenis.

Efésios 3:19
“e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais cheios de toda plenitude de Deus”.

Início: Dia 01/03 sábado chegada em Blumenau as 19:00 hs.
Retorno: Dia 04/03 terça feira após o café da manhã.
Valor da inscrição: R$ 120,00.


Estaremos vendendo " BRIGADEIROS " domingo à noite depois do culto 
R$ 1,00 a unidade.
“Uma coisa pedi ao SENHOR, e a buscarei: que possa morar na casa do SENHOR todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do SENHOR, e inquirir no seu templo”. Salmos 27.4

 Em 1967 Charles Hummel publicou um pequeno livro sob o título de “A Tirania do Urgente”.
Naquele livreto Hummel dizia que a razão pela qual nós vivemos tão sobrecarregados e preocupados com tantos afazeres é a confusão com relação às nossas prioridades.

No Cenáculo

Revista Escola Dominical