Biênio 2016 - 2017

Biênio 2016 - 2017

Pesquisar

Acesso Rápido ao Blog

Arquivo do Blog

Texto Bíblico em Mateus 7.24-27:Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha. E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica será comparado a um homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela desabou, sendo grande a sua ruína.

No início deste mês tivemos uma verdadeira catástrofe para milhares de pessoas das cidades de Rio Negro e Mafra. Isso se deu devido a excesso de chuvas, transbordando o rio Negro e atingindo as casas ribeirinhas.


O texto acima diz que caíram as chuvas transbordaram os rios e atingiram as casas de dois tipos de pessoas, a do homem prudente e a do homem insensato, e podemos ver que apesar de que a catástrofe foi a mesma para as duas casas, mas o resultado foi bem diferente.

A mesma situação pode ter significados bem diferentes para pessoas que a estão enfrentando aqui nas nossas cidades. Uns se desesperam, culpam o prefeito, vereadores, a usina em Rio Negrinho que abriu as comportas, culpam a Deus pelo excesso de chuva e por sua condição; se desanimam e esperam de outros venham em tudo ajudá-los a superar suas dificuldades. Estes são aqueles que edificaram sua casa (vida) sobre a areia, em que a vida é pesada e com o tempo parece pesar mais ainda.

O outro edificou sua casa (vida) sobre a rocha, que é nosso Deus. Ele pode estar passando pela mesma situação, mas não está murmurando ou acusando, mas assumindo que os dias maus aconteceram e agora estão colocando as mãos à obra. Ele começou a fazer os reparos necessários e a fazer planejamento de como evitar que catástrofes desta intensidade abatam sobre sua “casa”, independente ou não de possíveis ajudas externas que virão. Que a experiência negativa sirva de base para crescimento e superação, e que, como diz no Salmo 30. 5b: A tristeza pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.

A tempestade passou, é tempo de reconstruir em uma base mais sólida.  

Pastor Gilson Michelato

No Cenáculo

Revista Escola Dominical