Biênio 2016 - 2017

Biênio 2016 - 2017

Pesquisar

Acesso Rápido ao Blog

Arquivo do Blog


Texto: Mateus 14:27-32. Mas Jesus imediatamente lhes disse: tem bom ânimo! Sou eu. Não temais! Respondendo-lhe Pedro, disse: Se és tu, Senhor, manda-me ir contigo, por sobre as águas. E ele disse: Vem! E Pedro, descendo do barco, andou por sobre as águas e foi ter com Jesus. Reparando, porém, na força do vento, teve medo, e, começando a submergir, gritou: Salva-me, Senhor! E, prontamente, Jesus, estendendo a mão, tomou-o e lhe disse: Homem de pequena fé, por que duvidaste? Subindo ambos para o barco, cessou o vento.

Muitos hoje se sentem insatisfeitos com a situação em que se encontram, tem o desejo de mudar, de crescer, de progredir. Apesar desse desejo, boa parte das pessoas não experimentará o crescimento que deseja. Por quê? São vários os motivos, mas o maior deles é o medo. Apesar de quererem crescer as pessoas têm medo de arriscar, de perder o que já conquistaram, de não conseguir, de passar vergonha, de não ter clareza sobre o que fazer, da crítica dos outros, etc.

Olá irmãos (as)!!!. Não deixem de acompanhar as fotos adicionadas
do Culto Especial de Natal que aconteceu nos dia 21/12/2014.  
Deus Abençoe!!!
   Provérbios 15.1: “A palavra branda desvia o furor, mas a palavra dura sucita a ira”.

A campanha política encerrada no último domingo foi a campanha do ódio, tendo como objetivo “desconstruir o oponente” e esse tom adotado pelos candidatos foi transmitido a outros brasileiros, principalmente pelas redes sociais, e me preocupa para onde isto possa estar nos levando. O fato é que houve um acirramento dos ânimos dos eleitores, e as discussões extrapolaram o campo dos debates entre adversários políticos e ganharam como protagonistas amigos e familiares que entraram em conflito por conta de suas escolhas políticas.
          
Vimos como resultante deste tipo de campanha foi o número de amizades desfeitas pela política. Quanta injúria foi proferida contra um e outro candidato para que influenciasse as pessoas a não votar no oponente, parecendo que um tinha vontade de esganar o outro e isso foi passado para a população, que passou a ter a mesma vontade de fazer com aqueles que discordavam de suas opções políticas. Com isso, quantas relações afetivas se desmancharam derretida pelo fogo desta paixão? Será que valeu a pena?

1 Coríntios 9.24b: Correi de tal maneira que alcanceis o prêmio.
Hebreus 10.32: Lembrai-vos, porém, dos dias passados, em que, depois de serdes iluminados, suportastes grandes combates de aflição.

A vida é uma corrida em direção a um propósito de nossa existência, agora, o mero entrar na corrida não significa que a vitória está ganha. O caminho não é fácil! É como participar das olimpíadas, exige muito treinamento, disciplina, determinação e constância – Correi de tal maneira... Nós podemos começar a corrida, mas não chegar ao final dela, sendo desqualificado, pois existem muitos obstáculos que muitas vezes vão excederem os nossos limites e forçar-nos a um crescimento para um novo patamar, e nesse novo patamar, novos desafios aparecerão para serem enfrentados e, se vencidos, nos levarão a subir um novo degrau, ampliando assim a nossa escalada de vitórias rumo ao prêmio estabelecido para nossa vida.


O nível que você vai jogar depende da tua entrega, do quanto você se entrega para se preparar, aprimorar. Você pode se preparar para ser somente um peladeiro, ou para a seleção que vai marcar recordes, vai ficar na história. Se quiser ser peladeiro não precisa de preparo quase nenhum, vai lá e joga. Se quiser jogar na seleção da cidade, já tem que treinar um pouco; na 3ª divisão, tem que treinar mais um pouco, mas se quer jogar na seleção e marcar recordes, tem que dedicar horas e horas diárias para afinar detalhes que farão a diferença quando entrar em disputa. Vemos na história bíblica que poucas pessoas foram selecionadas por Deus a serem chamadas de amigos. Você quer ter essa intimidade com Deus a ponto de ser chamado amigo de Deus? Então vai precisar tomar algumas atitudes:

Todos os dias perdemos muitas oportunidades que nem percebemos com as escolhas que fizemos. Perdemos algumas por falta de interesse, mas perdemos a maioria por falta de entendimento, porque não sabemos como será o amanhã. Algo que parece bom hoje, amanhã pode se mostrar ruim; e algo que parece ruim hoje amanhã se mostra algo excelente. Como não sabemos o futuro, muitas vezes escolhemos errado e perdemos boas oportunidades.

O texto de Marcos 10.46-52 nos mostra uma situação assim, fala de Bartimeu, um cego que estava acostumado a esmolar. Diz o texto que o lugar onde ele ia diariamente pedir esmolas era à beira do caminho de entrada e saída da cidade de Jericó. Quando Jesus entrou na cidade, por algum motivo Bartimeu não aproveitou a oportunidade, mas quando Jesus estava saindo, Bartimeu não perdeu a oportunidade e consegue o que queria e precisava. Se quisermos aproveitar as oportunidades que DEUS nos dá.

Números 20.10-11: Moisés e Arão reuniram o povo diante da rocha, e Moisés lhe disse: Ouvi, agora, rebeldes: porventura, faremos sair água desta rocha para vós outros? Moisés levantou a mão e feriu a rocha duas vezes com seu bordão, e saíram muitas águas; e bebeu a congregação e os seus animais. 

Precisamos entender que o nosso “bem estar” e o nosso “valor próprio” não podem estar na mão de ninguém. Quando “reagimos” a determinada situação ou pessoa, estamos ainda presos na “maldição”, ou seja, deixo que pessoas ou situações me “controlem”, dou a eles o poder de serem grandes para mim tornando assim meus “deuses”.  Assim foi com Moisés. O povo conseguiu tirá-lo do sério, ao ponto de no último momento de cumprir seu chamado perdeu a “benção” de entrar na terra prometida, isso lhe custou muito caro. Deu mais valor às “queixas e acusações” do que obedecer e fazer o que DEUS queria que fizesse.
Olá irmãos (as)!!!. Apesar da época não ser a ideal, tive problemas em conseguir postar anteriormente. 
Não deixem de acompanhar as fotos adicionadas
do Culto Especial do Dia das Mães que aconteceu nos dia 11/05/2014.  
Deus abençoe!

No Cenáculo

Revista Escola Dominical