Biênio 2016 - 2017

Biênio 2016 - 2017

Pesquisar

Acesso Rápido ao Blog

Arquivo do Blog


Números 20.10-11: Moisés e Arão reuniram o povo diante da rocha, e Moisés lhe disse: Ouvi, agora, rebeldes: porventura, faremos sair água desta rocha para vós outros? Moisés levantou a mão e feriu a rocha duas vezes com seu bordão, e saíram muitas águas; e bebeu a congregação e os seus animais. 

Precisamos entender que o nosso “bem estar” e o nosso “valor próprio” não podem estar na mão de ninguém. Quando “reagimos” a determinada situação ou pessoa, estamos ainda presos na “maldição”, ou seja, deixo que pessoas ou situações me “controlem”, dou a eles o poder de serem grandes para mim tornando assim meus “deuses”.  Assim foi com Moisés. O povo conseguiu tirá-lo do sério, ao ponto de no último momento de cumprir seu chamado perdeu a “benção” de entrar na terra prometida, isso lhe custou muito caro. Deu mais valor às “queixas e acusações” do que obedecer e fazer o que DEUS queria que fizesse.

Quando o povo estava reclamando novamente porque não tinham água, DEUS disse a Moisés que “falasse” com a rocha, porém, Moisés estava tão surtado com a conduta do povo de Israel, que os reuniu e gritou: “Ouvi agora, rebeldes: porventura, faremos sair água desta rocha, para vós outros? Feriu a rocha duas vezes com a vara. Veja o que o salmista escreveu a respeito, anos mais tarde: Sl 106.32-33: Depois, o indignaram nas águas de Meribá, e, por causa deles, sucedeu mau a Moisés, pois foram rebeldes ao ESPÍRITO DE DEUS, e Moisés falou irrefletidamente. Não podemos desculpar nosso mau comportamento se justificando pelo mau comportamento dos outros. Um erro não justifica o outro.

As emoções reprimidas são muito perigosas e ingênuas, elas podem nos dominar completamente e nos destruir. As nossas reações estão quase sempre relacionadas com nossas experiências do passado insalubres, podendo assim nos prejudicar grandemente. Por isso precisamos de forma saudável expressá-las, somos responsáveis “somente” pelos nossos sentimentos.


Conclusão: A quem você tem dado tamanha importância ao ponto de “abalar” a sua fé, sua vida e interromper na caminhada rumo ao cumprimento de seu chamado? Olhe somente para JESUS. Ele é o único que não vai nos decepcionar nunca.

Pastor: Gilson Michelato

No Cenáculo

Revista Escola Dominical